sexta-feira, 4 de setembro de 2009

CONSELHO MÉDICO PARA MULHERES...

Sete sintomas frequentemente reportados por médicos podem estar associados com o câncer de ovário, desmistificando a ideia de que essa doença “mata silenciosamente”, segundo especialistas da Universidade de Bristol, no Reino Unido. “O câncer ovariano não é silencioso, ele é ruidoso. Apenas não somos muito bons em decifrar o ‘barulho’”, disse o pesquisador William Hamilton, destacando que a doença representa 4% dos cânceres em mulheres e tem o pior prognóstico entre os cânceres ginecológicos.
Examinando dados de 212 mulheres com mais de 40 anos de idade e com diagnóstico de câncer de ovário, e de 1060 mulheres saudáveis, os especialistas observaram sete sintomas frequentemente associados à doença: distensão abdominal (aumento progressivo do abdômen), maior frequência urinária, dor abdominal, sangramentos na pós-menopausa, perda de apetite, sangramentos no reto e inchaço abdominal. Dentre eles, o com maior valor indicativo de câncer ovariano seria a distensão abdominal – 2,5%, ou seja, uma a cada 40 mulheres com esse sintoma teria a doença.
As análises mostraram também que a dor e a distensão abdominal, assim como uma maior frequência urinária eram reportados pelo menos seis meses antes do diagnóstico. Baseados nesses resultados, os pesquisadores recomendam que as mulheres fiquem atentas a esses sintomas, e que aquelas que têm histórico familiar passem por exames regulares para que a doença seja diagnosticada em fases iniciais, facilitando o tratamento.

Loading...

Pesquisar este blog

World Clocks

National Geographic POD